A exposição faz parte da pesquisa que Amanda desenvolve sobre “Fotografia contemporânea e Processo Criativo”. Além disso, é um processo decorrente de uma atividade integrante ministrada por Amanda no curso de Pedagogia da UFT, campus Palmas. Na mesma temática, Amanda também ministra disciplina no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociedade (PPGCom), denominada “Narrativas Contemporâneas: Fotografia e Comunicação”. Veja a matéria completa aqui.

Amanda Leite fala à Rádio Brasil Campinas sobre a realização da Exposição Mínimos, na Casa do Lago (Unicamp). Confira o podcast!

A fotógrafa Amanda Leite inaugura no dia 28 de março de 2019 a Exposição Fotográfica “Mínimos“, na Casa do Lago (UNICAMP), na cidade de Campinas/SP.  Mínimos é um exercício de composição fotográfica brincante. A série mescla cenas e objetos cotidianos ativando a existência mínima das coisas, como pontua David Lapoujade (2017). Um gesto de ver mais intenso, inventivo e experimental. A série pede um estado de presença e de atenção à vida, sua potência e fragilidade. A exposição ficará aberta de 28 de março à 16 de abril de 2019, com visitação gratuita das 9:00 às 18:00.

Projeto interativo acabou de ser lançado na cidade do Rio de Janeiro, no Circuito interno da Fábrica Behring com o apoio da Galeria Eixo Arte. Nele, a fotógrafa Amanda Leite convida o público a participar a partir do perfil no Instagram: @projetominhasmemorias - Click aqui e saiba como participar!

Para encerrar o ano com chave de ouro, a EIXO convida os artistas Amanda Leite, Coletivo Gráfico RAM (Dalton Romão, Raoni Redni e Ricardo Bhering), Luiz Badia e Sandro Vieira que apresentarão suas ações virtuais, visuais, sonoras e tridimensionais na Fábrica Bhering, na cidade do Rio de Janeiro/RJ.

Uma Residência Artística é um dos desdobramentos do projeto de pós-doutoramento da professora Amanda Leite – do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociedade (PPGCom) e do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins.

Amanda Leite e Alik Wunder assinam a curadoria da exposição “Casa Planta”, de Marli Wunder, que acontece na Casa das Árvores no Centro Cultural de Barão Geraldo, em Campinas-SP. A mostra “Casa Planta” é um dos desdobramentos do projeto de pós-doutoramento da professora Amanda Leite – do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociedade (PPGCom) e do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Tocantins (UFT). 

Com o olhar sobre as obras fotográficas de Marli Wunder, a residência "Cartografias inventivas e o devir-planta" promoverá encontros e partilhas entre artistas e pesquisadores, estimulando uma diversidade de processos criativos. A proposta é parte do projeto de pós-doutoramento da professora Amanda Leite sobre a obra de Marli Wunder. Confira a matéria completa.

A fotógrafa, professora e pesquisadora Amanda Leite mostra mais sobre a série Mínimos. Um projeto fascinante.

January 01, 2020

Com obras de Amanda Leite a nova Temporada Corredor Cultural 2018 tem seu início marcado para fevereiro.

Série fotográfica usa soldadinhos de brinquedo em um trabalho que mistura fotografia e arte digital para debater conflitos da nossa vida cotidiana.

A artista Amanda Leite abre a Temporada Corredor Cultural da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em 2018. 

A fotógrafa Amanda Leite participará da Exposição Meus olhos te tocam de Man Ray a Diane Arbus, sob curadoria das artistas Lúcia Avancini e Marilou Winograd. A exposição contará com artistas de diversas áreas e localidades e será exibida no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian, no Rio de Janeiro, de maio a julho de 2017.

Inovar na educação para aprimorar a qualidade do ensino é desafio constante para os profissionais da área. No curso de Pedagogia, na Universidade Federal do Tocantins, Câmpus de Palmas/TO, a professora Amanda Leite pesquisa a combinação entre Fotografia e Educação.

A artista Amanda Leite participou em abril de 2016 da exposição virtual COLETIVA EIXO, com curadoria EIXO Arte.

Please reload